Os bastidores da notícia

 

A inserção do aluno no contexto da mídia para que, através dela, o estudante, de qualquer idade, forme sua capacidade de pensar o cotidiano, me parece fundamental em sala de aula. Comprovei que a leitura critica da mídia se faz necessário, trabalhando com uma turma de Educação de Jovens e Adultos do Centro Municipal de Educação dos Trabalhadores – CMET Paulo Freire de Porto Alegre no segundo semestre de 2018. Lá foram aplicados conteúdos procurando levar o aluno a pensar sobre o todo que o cerca. Uma visão questionadora e libertária do pensamento próprio, que passa pela leitura e discussão dos temas da atualidade relacionado às suas memórias. A releitura da infância no contexto atual.

Numa das etapas fomos conhecer as redações de um dos mais antigos e tradicionais jornais do país, o Correio do Povo em Porto Alegre e da Rádio Guaíba.   Eles traziam na memória, o que se pode chamar de – doces recordações de criança. Tanto o rádio como o jornal fizeram parte da vida deles. Chegou o dia em que, finalmente, conheceram  os bastitodres da notícia. O relato está no linck a seguir, num texto coletivo da turma de alunos contando o que viram lá, tirando suas próprias conclusões.

Acesse aqui: Relatos visita correio do povo e rádio guaíba

 

 

Autor: flaviodamiani

Jornalista, cronista, mora em Porto Alegre

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *